Ensino de Taboão da Serra supera meta estipulada para 2021 e atinge 6.8 pontos no Ideb

O Ideb taboanense superou a meta estabelecida para 2021; ficando à frente da capital paulista e Barueri

Arquivo | O Taboanense

Ensino de Taboão da Serra supera meta estipulada e atinge 6.8 pontos no Ideb

A educação básica (do 1º ao 5º ano) de Taboão da Serra mais uma vez está entre as melhores da região sudoeste da Grande São Paulo, segundo dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC). O ensino taboanense alcançou nota 6,8 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, ultrapassou a meta estipulada que era de 6 pontos e a nota projetada para 2021, que é de 6.5 pontos.

A média do município de Taboão da Serra superou inclusive da capital paulista, que registrou 6,3 pontos, e Barueri com 6.5.

Para o secretário municipal de Educação João Medeiros, o excelente resultado, é fruto do esforço de toda a equipe, os diretores, coordenadores e professores. ‘É um conjunto, ninguém faz nada sozinho, superamos a meta, chegamos a 6.8. As escolas tiveram um bom desempenho em Língua Portuguesa, mas todas as escolas foram excelentes em Matemática. O nosso trabalho, desde o início do governo é focado na gestão de resultados”, comemora .

Ainda de acordo com Medeiros, o município trabalha sério para atingir bons resultados, elaborando projetos e propondo programas, com o objetivo de melhorar os resultados das avaliações. Para conseguir uma boa nota no Ideb, são avaliados vários itens e Taboão da Serra utiliza de dispositivos para dar mais qualidade ao ensino.

“Temos a Prova Brasil, que avalia os alunos nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Também aplicamos duas vezes por ano o Saresp, assim conseguimos diagnosticar onde os alunos tem mais dificuldade, os professores passam por treinamentos e capacitação. Além do controle da qualidade de cada sala. E não podemos esquecer do Matematicando no Parque, que acontece todos os anos, que contribuiu para que tivéssemos ótimos resultados na matéria”, esclareceu Medeiros.

Com a nota, mais uma vez, Taboão da Serra ficou à frente de Itapecerica da Serra (6.3 pontos) e Embu das Artes (6.2 pontos). A nota nacional foi de 5.8 pontos e a do estado de São Paulo foi de 6.5 pontos.

Destaques

De acordo com a o Ideb 2017, as melhores escolas públicas de Taboão da Serra são, em primeiro lugar, a EMEFEM Rui Barbosa (7.6 pontos) e em segundo a EMEF Prof. Oscar Ramos Arantes (7.5 pontos). Já o terceiro lugar ficou com as EMEFs Dalva Barbosa Lima Janson, Dr. Anísio Dias dos Reis, Cecília Meireles e Profª. Maria Alice Borges Ghion, todas com 7.3 pontos cada.

O grande destaque é a EMEF Dalva Barbosa Lima Janson. A escola do Jardim Salete, que atende 840 alunos cresceu 1.1 pontos em comparação ao IDEB 2015, cuja nota foi 6.2 pontos, o que representa um salto de 18%. Na escola os alunos utilizam a plataforma digital Khan Academy, que oferece vídeos e desafios matemáticos on-line, e o programa Mind Lab (Mente Inovadora), que utiliza jogos de tabuleiro para o auxílio da tomada de decisões.

Avaliação

O Ideb parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), que estabelece metas para elevar a qualidade de ensino das escolas brasileiras. A nota é calculada com base no desempenho dos alunos na Prova Brasil, no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e na taxa de aprovação e evasão escolar.

Fonte: O Taboanense